terça-feira, 17 de junho de 2008

Elie Wiesel - Dia

VENDIDO

Descrição:
" Um homem é atropelado na rua e fica gravemente ferido. Transportado ao hospital, luta durante semanas contra a dor. As suas recordações e os seus medos assombram-no. Regressado da guerra, tentou viver, seguir em frente, ser feliz. Mas uma parte de si nunca deixou o passado. Os mortos não se deixam enterrar. A vida para a qual renasce é, paradoxalmente, uma via de exílio, onde Kathleen, que o ama, pesa menos do que a sua avó, falecida nos campos da morte. Depois da noite, após o amanhecer, ergue-se o dia: os mortos procuram um coração aberto que os acolha e que seja seu mensageiro."


Estado de conservação: 3,5 estrelas

Preço: VENDIDO

5 comentários:

Pedro disse...

Não conhecia.

Embora pareça um bocadinho mórbido, deve ser muito bonito. Bom conselho ;)

João disse...

A primeira coisa que senti ao ler a sinopse foi um arrepio percorrer-me o corpo...

Concordo com o Pedro, parece ser interessante!

Livros em 2ª Mão disse...

Pedro, João!

Quando li a sinopse deste livro fiquei com uma ideia diferente da que tive ao ler o mesmo.
O livro mostra-nos como as nossas vivências passadas influenciam profundamente o presente, a forma como encaramos e vivemos a vida, como tudo está relacionado e que enquanto o passado não for resolvido, o presente não pode ser aproveitado.
Foi uma leitura bem interessante!

Anónimo disse...

Olá :)

Cheguei aqui através de um comentário seu no blog Leituras e Opiniões.

E deixo aqui a mesma sugestão que lá deixei: O Pqueno Incendiário, de E.S. Tagino.

Acho que vais gostar.

Cokas

Livros em 2ª Mão disse...

Cokas,

Apesar de andar a tentar evitar fazer grandes compras nesta altura, vou ter em atenção este livro futuramente.

Obrigada pela sugestão! :)