domingo, 3 de agosto de 2008

Miguel Sousa Tavares - Anos Perdidos

VENDIDO

Descrição:
Miguel Sousa Tavares veio a afirmar-se na última década como um dos cronistas mais prestigiados da nossa imprensa. A sua crónica das sextas-feiras do jornal "Público" tornou-se leitura imprescindível para milhares de leitores, como o provam, aliás, as muitas cartas enviadas ao jornal lamentando a sua recente decisão de suspender (em princípio provisoriamente) aquela crónica semanal com dez anos de existência. E o que diziam esses leitores? Volta Miguel Sousa Tavares. Porque as suas opiniões sempre primaram pela objectividade, pela independência, pela frontalidade e clareza de argumentação, tornando-se incómodas para os poderes instalados, para os grupos de pressão, para os corruptos, para o laxismo e facilitismo que se foram apoderando da nossa sociedade. Enquanto aguardamos que ele retorne, podemos lê-lo neste livro, que reúne crónicas entre os anos 1995 e 2001, onde MST analisa o que foi Portugal e o mundo: os anos Clinton, o projecto europeu e os seus avanços e recuos, a guerra nos Balcãs, as lutas fratricidas em Angola, a tragédia e a independência de Timor, a caminhada galopante da globalização, o eterno problema palestiniano, os anos de Guterres, a Expo 98, os "jobs for the boys", o "poder" da construção civil, a chegada dos imigrantes do leste europeu, etc.. Um retrato lúcido e incisivo do fim do século. Para perceber melhor Portugal e o mundo.


Estado de conservação: 5 estrelas

Preço: VENDIDO

2 comentários:

João disse...

Eu adoro as suas crónicas, eu sou daqueles em que as suas crónicas tornaram-se uma "leitura imprescindível"!

No ano passado, o meu professor de português, leu-nos várias dessas crónicas (algumas tiradas deste livro). São excelentes!

Pedro disse...

Estou para ler "Equador", mas não sou um seguidor de Sousa Tavares. Nem simpatizo muito com o homem, mas pelos vistos "Equador" está um espanto...

Este talvez não seja o livro que quero, mas só o poderei dizer depois de o folhear.